Sem categoria

Uerj realiza mais de 30 atividades durante o II FestFIC 2017


espetáculo-pagu-pra-que-credito-murilo-ribeiro

O Festival vai ficar pequeno com tantas atrações. A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) traz uma série de atividades espalhadas pelo Campus Maracanã, pelo Campus Resende, por Angra dos Reis, pela Zona Oeste e centro do RJ. O II Festival Interuniversitário de Cultura do Rio de Janeiro 2017 acontece de 5 a 12 de novembro.

Para iniciar com o pé direito, a universidade participa da abertura, no dia 5, com o Coral Altivoz, regido pelo Professor Mario Assef, na Praça do Largo do Machado. Já no dia seguinte, o Campus Maracanã terá apresentação de Tai Chi Chuan, Oficina de criação de contos fantásticos, aula de desenvolvimento vocal e encenação do espetáculo Pagú Pra quê?, que relata a história de uma jornalista militante que se lançou na vida política.

Às 18h, o show do projeto autoral “Liberte esse Banzo”, que apresenta vivências culturais do cotidiano afro-brasileiro, marca a abertura oficial da UERJ no festival. No decorrer da semana, as opções continuam diversas e para todos os gostos. Na terça-feira, dia 7, haverá oficina de poesia, palestra-curso sobre cinema e visita técnica ao Teatro Odylo Costa, Filho no Campus Maracanã.

E, para quem gosta de história, terá a chance de ir ao um passeio guiado pelo centro do RJ, com ponto de encontro no Centro Cultural Light. Na quarta-feira, dia 8, o público pode participar de uma oficina de jardinagem pela manhã ou assistir à apresentação musical do Duo Musaion à noite.

Já na quinta-feira, dia 9 de novembro, acontece a Premiação do 6º Festival Curta na UERJ, com apresentação de vídeos e animações independentes. No mesmo dia, também é possível participar da Oficina de Bordado e Narrativa e apreciar a apresentação do Grupo de Cordas Friccionadas Lacustamm. Também acontece um sarau cultural no Campus Resende, no RJ. No dia seguinte, as atividades começam com o Seminário Relações entre Natureza e Artifício; Oficina Teatral – Literatura em Cena?; o Curso de Extensão: Bezerra da Silva – Por uma Geopolítica do Golpe; e a apresentação teatral “Notícias Pelos Ares”.

Além de todas essas atrações, no decorrer do festival, ficam em cartaz exposições como a mostra “Corpo de Mulher”, sobre os contornos femininos, e “Ocupação”, sobre questões da afrobrasilidade, no Campus Maracanã. Outras mostras como “Comida e Cárcere”, “Sistema Penitenciário do Rio de Janeiro: ontem e hoje”, “100 anos de presídio”, “Certos Modos de ser Caiçara” e “Ecomuseu Recicla” ocorrem no Museu do Meio Ambiente e no Museu do Cárcere, ambos em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Para encerrar a participação no festival, a Uerj preparou , nos dias 11 e 12 de novembro, uma visitação pública aos ateliês de artistas de Vargem Grande e Vargem pequena, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ainda no dia 11, também haverá o Circuito de Visitação ao Ecomuseu Ilha Grande.

Rosa Andrade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s